Sexta-Feira, 13 de Abril de 2018, 16h:27

Tamanho do texto A - A+

Educação religiosa é necessária

Vivemos em um mundo em que pessoas diferentes têm valores diferentes

Por: DENIS SILVA

Reprodução

Denis Silva

 

A educação adventista ao longo da sua história tem procurado sempre aprimorar  a sua proposta pedagógica para poder atender às necessidades gerais de aprendizagens, formando alunos pensantes e criativos, buscando incentivar a transformação de conhecimentos em atitudes, a partir de soluções de problemas relacionados ao cotidiano dos educandos.

 

Com objetivos educacionais amplos, o currículo promove a excelência acadêmica e contempla os conteúdos necessários para a prática da cidadania responsável, contribuindo para o desenvolvimento equilibrado da vida espiritual, intelectual, física, social, emocional e vocacional dos educandos. Prepara-os para exercer a cidadania de maneira competente e comprometida com a sociedade e com Deus.

 

Vivemos em um mundo em que pessoas diferentes têm valores diferentes. Qualquer casal pode compartilhar alguns valores e discordar de outros. Às vezes são até contraditórios! Alguns valores, porém, são unânimes: cuidado, responsabilidade, coragem, lealdade, curiosidade, sabedoria e ética. Esses são respeitados pela maioria das pessoas. Até mesmo as culturas tendem a enfatizar alguns valores em relação a outros, por exemplo: os americanos valorizam a interdependência e a individualidade. Os japoneses valorizam a cooperação e a integração.

 

Mas ambos estimam e estimulam a educação.

 

Pensando no desenvolvimento do indivíduo como um todo, nosso ensino está Fundamentado nas premissas de uma educação cristã, que vai muito além do ensino, pois acreditamos, que a melhor maneira de conciliar todos os valores é recorrer ao Ensino religioso, disciplina que integra a grade curricular de todas as nossas escolas.

 

A razão primordial do nosso ensino esta pautada em princípios cristãos compartilhando do ensino da Bíblia, por preceitos e por exemplo.

 

Muitos Sistemas de Ensino podem ensinar Português, Matemática, Ciências… mas nem todos ensinam de modo eficaz. Ao matricular o filho em nossa escola os pais sabem que encontraram uma instituição de ensino cristã com valores morais visando promover o ensino espiritual, transmitindo os verdadeiros valores, desenvolvendo e consolidando o caráter.

 

Quando falamos sobre o Ensino Religioso e sua relevância, a gente fala sobre a formação de princípio e construção de caráter, sobre coisas que promovem o bem-estar, a felicidade do aluno. A matéria contribui para ajudar a desenvolver o olhar mais crítico daquilo que é oferecido e ter a condição de perceber quais são as consequências de cada decisão. A disciplina não se restringe aos que seguem o adventismo. Pelo contrário, ela envolve todos os alunos, independente de religião ou crença. Ela busca mostrar o princípio básico para uma vida melhor. Nesse aspecto, a Bíblia contribui diretamente nas situações do dia a dia.

 

Acreditamos que com nossa proposta pedagógica eficaz aliada ao ensino religioso baseado em princípios éticos e morais, poderemos contribuir para que nossos educandos sejam cidadãos e cidadãs íntegros, preparados para futuro e comprometidos com o bem-estar da sua Pátria, da sua família e da sua comunidade.

 

*DENIS SILVA é diretor da escola Adventista,  formado em Educação Física e Pedagogia, pós-graduado em Gestão Escolar, Administração, Supervisão e Orientação Educacional

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto




1 Comentários

Pirmo Ferreira de Moura Neto - 15/04/2018

Sou contra Ensino Religioso nas escolas. Em nosso país, de acordo com a Constituição Federal; qualquer cidadão brasileiro está livre para escolher a religião de sua respectiva preferência. Já fui professor de ensino religioso. É complicado você ministrar conteúdo religioso para uma classe onde há diversos segmentos religiosos. Enfim, religião é preferência particular de cada um.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA