Quarta-Feira, 29 de Novembro de 2017, 15h:47

Tamanho do texto A - A+

Taques se rende ao Facebook para se aproximar da população

Por: BLOG DO MAURO

Blog do Mauro Cabeçalho

 

Governador Pedro Taques (PSDB) resolver ceder aos recursos tecnológicos e se entregou a uma transmissão ao vivo pelo Facebook, chamada live, para falar sobre sua gestão na noite deste domingo. Tratou sobre saúde, salários atrasados, educação e teve que lidar com a reclamação do funcionalismo público, uma vez que o mecanismo permite o envio de perguntas em tempo real.

 

 

Rotina
Pelo visto, a novidade caiu no gosto do governador, uma vez que prometeu fazer mais lives. No entanto, Taques afirmou que a organização seria diferenciada, dividindo as transmissões por temas, regiões e contando cada vez com a participação de um integrante do seu staff. Nesta primeira experiência esteve com o governador o secretário estadual de Educação, Marco Marrafon.

 

 

Desculpas
Taques pediu desculpas à população por não ter conseguido resolver todos os problemas do Estado em três anos, mas disse que tem se esforçado para fazer o melhor que pode. Sobre as críticas recebidas, Taques pediu que apresentem soluções, uma vez que apenas criticar é fácil demais.

 

 

Salários
Uma das principais reclamações dos internautas era em relação ao atraso salarial ocorrido neste mês de novembro. Taques voltou a acusar a gestão passada pelos problemas, ao dizer que o dinheiro que falta hoje nos cofres de Mato Grosso foi surripiado por Silval Barbosa e seus comparsas.

 

 

Greve a vista
Os peritos criminais da Politec prometem greve por tempo indeterminado em dezembro se os salários não estiverem em suas contas até o dia 4. A categoria foi uma das que esperaram até o dia 22 de novembro para receber o salário relativo a outubro.

 

 

Investigados
A Comissão de Ética da Assembleia Legislativa resolveu investigar por quebra de decoro parlamentar os deputados apontados na delação de Silval Barbosa como beneficiários de um esquema de pagamento de propina. A iniciativa só se concretizou em razão de um pedido feito pela Ong Moral. Como foram 15 deputados com mandato citados por Silval, significa dizer que 62% dos parlamentares que compõem a Casa estarão sob investigação.

 

 

Crescimento
O ministro da Agricultura em exercício, Eumar Novacki, apontou que a meta neste momento é fazer com que o agronegócio brasileiro amplie em 10% sua participação no mercado exterior. Caso a meta seja atingida, significará um incremento de 30 bilhões de dólares na economia do país.

 

 

Destaque negativo
Com atuação apagada desde que deixou a Câmara Federal e ganhou uma das vagas ao Senado, Wellington Fagundes (PR) hoje só ganha destaque por fatos negativos. O desta semana diz respeito aos gastos com fretamento de jatinhos e compra de passagens aéreas. Conforme levantamento feito pelo Estadão, Fagundes faz parte do seleto grupo de 14 senadores que gastaram R$ 771,6 mil com combustível de aviação e fretamento de jato de janeiro a outubro deste ano. No mesmo período, também usaram R$ 896,1 mil para comprar passagens com voos comerciais.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei