Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 16h:14

Tamanho do texto A - A+

Pecuarista oferece recompensa por notebook extraviado em Cuiabá

Por: FELIPE LEONEL

Um pecuarista da região de Gaúcha do Norte (594 km de Cuiabá) está oferecendo uma ‘boa’ recompensa para quem conseguir informações, que foram extraviadas em Cuiabá. De acordo com Marcos Jacinto, seu notebook foi extraviado na Avenida Carmindo de Campos enquanto fazia compras. Segundo Jacinto, as informações no computador não possuem valor comercial.

 

 

Reprodução

rebanho

 

As informações extraviadas tratam da inseminação do rebanho bovino de sua fazenda, que fica em Gaúcha do Norte e correspondem a todas as inseminações do ano de 2017. As informações não possuem valor para outras pessoas, entretanto, o pecuarista oferece uma recompensa apenas para obter os arquivos de Excel. 

 

Apesar de preferir não revelar o valor, ele garante que é "uma boa recompensa". O computador foi ‘extraviado’ nesta sexta-feira (9), entre as 9h30 e 9h40 da manhã, em frente à loja Alvorada Produtos Agropecuários, na Carmindo de Campos, bairro Jardim Paulista. O veículo de Jacinto, uma Amarok de cor chumbo, teve o vidro quebrado enquanto ele estava dentro do estabelecimento.

 

De acordo com o pecuarista, o notebook é de cor preta, marca Semp Toshiba, de 14 polegadas e já é antigo, portanto a vida útil dele estaria próxima ao fim. O computador estava guardado dentro de uma pasta de couro marrom, que se fecha com um zíper. Além disso, ela possui três repartições e duas alças que se juntam com uma fita velcro.

 

Ainda segundo Marcos Jacinto, o computador não possui senha. Ademais, há dois perfis de utilização do sistema: Marcos e Matheus.

 

Dada a relevância das informações e o baixo valor comercial do produto furtado, Jacinto prefere tratar o assunto como ‘extravio’. “A pessoa que abrir os arquivos vai ver: A vaca tal, cruzou com o touro x e foi inseminada tal dia. Essas informações não serviriam para nada para outras pessoas. Agora para mim é um trabalho, uma vida”, afirmou Jacinto. 

 

"Tem um programa próprio, o Tec Pró, e tem uma série de informações que estão no Excel. Eu ainda não coloquei no Tec Pró. As informações do Tec Pró estão salvas, mas eu ainda não fiz upload das informações do último ano", lamentou o pecuarista.

 

O único conteúdo importante para Jacinto são as informações dispostas em várias planilhas do Excel. Ele ainda sugere copiar os arquivos para um pen drive ou subir em algum servidor online, como o Google Drive, para ser compartilhado. Para acertar a gratificação a pessoa deverá ligar para o seu telefone 66 8114-8118 ou procurar a Acrimat, na pessoa do diretor Chico Manzi.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei