Segunda-Feira, 08 de Janeiro de 2018, 14h:05

Tamanho do texto A - A+

Recém inaugurada, Estação Alencastro apresenta goteiras e infiltração

Por: JESSICA BACHEGA

Inaugurada há três dias, a Estação Alencastro já apresenta alguns problemas de infraestrutura. Goteiras e infiltrações ficaram nítidas após as fortes chuvas desse fim de semana, em Cuiabá.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

Estação Alencastro

 

O vereador Dilemário Alencar (Pros) esteve no ponto de ônibus no domingo (7) e encontrou os bancos da estação molhados devido às goteiras e marcas de infiltração nas paredes e no teto de gesso recém feito. 

 

“Já é preciso a prefeitura observar e corrigir essas questões. Este ano a expectativa é que chova muito em nossa cidade. Essa é uma obra muito cara e esses problemas precisam ser corrigidos”, diz o parlamentar em seu vídeo.

 

A estação foi inaugurada na sexta-feira (5) e marca o avanço no sistema do transporte coletivo na Capital, como ressaltou o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) em seu discurso durante a inauguração.

 

A estação é um espaço fechado e climatizado com 76 assentos e capacidade para abrigar aproximadamente 800 pessoas em circulação.

 

Toda obra foi orçada em R$ 637 mil (parte física) mais R$ 587 mil gastos na instalação dos 150 equipamentos fotovoltaicos (placas solares) ar-condicionado e portas de automação. O custo total do terminal ficou em R$ 1 milhão 224 mil, recurso oriundo do Fundo Municipal de Trânsito. 

 

Ao Hipernotícias, a assessoria da prefeitura informou que a empresa responsável pela obra já foi notificada para sanar os problemas.

 

“Referente as infiltrações devido às fortes chuvas de domingo que foram constatadas na Estação Alencastro, a Secretaria de Mobilidade Urbana já notificou a empresa responsável pela obra que deu o prazo de até terça-feira (9) solucionar o problema”, diz a nota encaminhada pela assessora.

 

Veja vídeo

">

 

Leia também

Pinheiro diz que Estação Alencastro marca a revolução do transporte público da Capital

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




2 Comentários

Carlos Nunes - 08/01/2018

Puxa vida! Já? Porcaria é sempre porcaria. Se em 3 dias já tá assim...em 1 ano então. Lembrei-me até do VLT, onde o Dr. Ruy Ohtake, especialista no assunto, aqui em Cuiabá mesmo, depois de percorrer todo o trecho, disse: pra fazer essa obra BEM FEITA vai demorar mais de 4 anos. Aí, aparece gente dizendo que dá pra fazer rapidinho, e bem baratinho. Já caímos nessa pegadinha lá atrás, quando o Silval aparecia na Tv, quase todo dia, dizendo: podem deixar que, com 1 Bilhão e 400 Milhões, termino o VLT antes da Copa começar. Achava que era moleza. No projeto do VLT tinha que fazer mais de 40 Estações, uma delas aquela lá do Porto, ao lado do Atacadão. Fizeram o Atacadão até mudar de lugar. O Atacadão já se reconstruiu inteiro, e o grande terreno da Estação tá lá.

Ana Lucia - 08/01/2018

Gente, olha os banco , de madeira com prego aff

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA