Terça-Feira, 05 de Dezembro de 2017, 16h:55

Tamanho do texto A - A+

Taborelli de tornozeleira

O juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, proibiu o coronel da Polícia Militar, Pery Taborelli, de portar armas de fogo durante cumprimento de pena em regime domiciliar. O ex-deputado Estadual deverá usar ainda tornozeleira eletrônica. A decisão foi proferida no último dia 04.

 

Segundo os autos, o coronel foi condenado, em março deste ano, a 2 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto. Uma das condições impostas ao réu era o comparecimento a uma audiência no dia 27 de setembro. Todavia, o oficial de justiça responsável por intimá-lo não o encontrou em sua residência. Razão pela qual, no dia 31 de outubro a Justiça expediu mandado de prisão. A informação é do site Olhar Direto.


Para evitar a detenção, o ex-parlamentar se apresentou, no Fórum da Capital, na última sexta-feira (01), ocasião em que recebeu ordem para instalação de tornozeleira para monitoramento eletrônico.

Avalie esta matéria: Gostei +4 | Não gostei



1 Comentários

Silvalzinho borrazopolino - 05/12/2017

NSO ERA O MALUDAO ?!! QUE ESCULHAMBAVA TODO MUNDO ????

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA