Domingo, 24 de Dezembro de 2017, 16h:36

Tamanho do texto A - A+

Decorador de eventos é assassinado com dois tiros por dupla em motocicleta

Por: LUIS VINICIUS

O decorador de eventos, Vanderley Monteiro dos Santos, de idade não confirmada, foi assassinado com dois tiros após discutir com dois homens em uma avenida da cidade de Peixoto de Azevedo (700 km de Cuiabá), na manhã deste domingo (24). Após a ação criminosa, um jovem de 18 anos foi preso, suspeito de ter cometido o assassinato.

 

decorador boa.jpg

 

De acordo com informações da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 06h30, quando a vítima estava indo para a casa de sua mãe, num veículo Fiat Strada. Durante o percurso, o decorador foi abordado por dois homens em uma Honda Biz.

 

Logo após ser surpreendido, iniciou uma discussão entre as partes e durante o desentendimento, o homem que estava na garupa da Biz sacou um revólver e atirou duas vezes em Vanderley. Os tiros acertaram a perna e o peito da vítima.

 

Logo após o crime, os bandidos fugiram do local, sem levar nada da vítima, o que afasta a possibilidade de latrocínio.

 

“No carro da vítima, ainda foi encontrado uma quantia em dinheiro que não foi levada pelos criminosos. Caso quisessem, eles poderiam ter levado o carro do decorador, mas também não aconteceu. A primeira hipótese que levantamos é que o crime tenha sido cometido por uma discussão pelo carro, mas a real motivação só iremos saber, durante as investigações da Polícia Civil”, disse um policial militar que atendeu a ocorrência.

 

Logo após ser ferido, Vanderley ainda conseguiu dirigir até a casa de sua mãe onde foi socorrido pelos familiares. Ele chegou a ser levado até o Hospital Municipal de Peixoto de Azevedo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

 

Após o crime, os familiares acionaram a Polícia Militar que saiu em buscas dos criminosos. Após pouco tempo de caçada, os militares prenderam, o suspeito, R.C.S, de 18 anos. Ele foi encaminhado à delegacia para prestar depoimento e negou qualquer participação no crime.

 

O corpo de Vanderley foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto