Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 15h:36

Tamanho do texto A - A+

"Pega o Berinho"

Youtube

Berinho


O empresário Roberio Garcia, pai do ex-deputado Fabio Garcia e um dos sócios da empresa Engeglobal, afirmou nesta segunda-feira (9) que não conseguiu concluir os dois centros de treinamento (COT) que foram programados para a Copa de 2014, sendo um na UFMT e outro em Várzea Grande, porque sofreu perseguição do Governo Pedro Taques, e razão das suas ligações políticas com o atual governador, Mauro Mendes. "Houve um problema político (..) houve uma confusão do Governo passado. Pega o Berinho, vamos pegar o Berinho (eles diziam). Mudou o governo. Eu continuo o mesmo, a minha empresa continua a mesma (...). As obras vão sair porque o governo agora é sério, o Mauro governa com seriedade e responsabilidade, e o secretário Marcelo não mente, ao contrário do outro secretário", desabafou Berinho, como é conhecido,  durante vistoria às obras do COT da UFMT.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1







Mais Comentadas