Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 09h:06

Tamanho do texto A - A+

PMs presos em operação mantêm silêncio em depoimento na GCCO

Por: LUIS VINICIUS

Os três policiais militares, presos suspeitos de facilitarem a entrada de 86 celulares na Penitenciária Central do Estado (PCE), decidiram manter o silêncio em depoimento marcado para a manhã desta  terça-feira (25) na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Marcos Lopes/HiperNotícias

GCCO/pol?cia/fachada/Ger?ncia de Combate ao Crime Organizado

 Sede da GCCO

Seriam ouvidos o tenente Cleber de Souza Ferreira, o subtenente Ricardo de Souza Cavalhaes e o cabo Denizel Moreira dos Santos Júnior. As oitivas foram marcadas para que eles pudessem dar suas versões sobre as acusações feitas a eles durante as investigações da Operação Assepsia, deflagrada no dia 18 de junho.

Em depoimentos prestados na GCCO na tarde de segunda-feira (24), o diretor da penitenciária, Revétrio Francisco da Costa, e o subdiretor, Reginaldo Alves dos Santos, afirmaram que foram “usados” pelos militares.

Leia mais aqui.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas