Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, 08h:00

Tamanho do texto A - A+

Governador critica servidores da Educação e destaca terceiro melhor salário da categoria

Por: FERNANDA ESCOUTO

Em entrevista à imprensa, nessa terça-feira (14), o governador do Estado Mauro Mendes (DEM) fez duras críticas aos profissionais da Educação. O chefe do Executivo afirmou que a categoria possui o terceiro melhor salário do Brasil, porém o ensino segue nas últimas posições, comparando com outros estados.

Alan Cosme/HiperNoticias

mauro mendes

 

Para Mendes, o momento atual é de reflexão, pois os salários aumentaram muito e o Estado está tendo dificuldade para pagar os ordenados.

As críticas do governador vieram após o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) anunciar uma possível greve da categoria na próxima semana.

“O Sintep tem todo o direito de fazer, como é livre o exercício do direito de greve, mas os profissionais de Educação já têm o terceiro melhor salário do Brasil e nós temos a 21ª pior educação do Brasil. É um momento de refletir sobre isso, saber que precisamos melhorar a educação sim, mas não é só melhorando salário que vamos melhorar a educação”, afirmou Mauro, destacando que greve não resolve os problemas de Mato Grosso.

Indicativo de greve

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) divulgou nota, nessa terça-feira (13), afirmando sobre a possibilidade de paralisação da categoria, a partir do dia 20 de maio.

Conforme o presidente do Sintep-MT, Valdeir Pereira, a categoria espera respostas do governo do Estado em relação ao cumprimento do percentual da Lei 510/2013, convocação do Concurso Público, falta de infraestrutura das escolas, pagamento de 1/3 de férias para os contratados e Licenças Prêmio e Qualificação.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 4

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
16º FESTIVAL DAS FLORES CUIABÁ 2019

INFORME PUBLICITÁRIO - GOV Conscientização no Trânsito

Prefeitura de VG - Aniversário de Várzea Grande 152 anos